faz pouco mais de um mês que voltei de um período de 4 meses em Wellington, na Nova Zelândia. estava estudando.

comparação, aprendi, é mãe de muitos males. afinal, cada coisa é uma: cada vida, cada parte do planeta, cada olhar. mas olhe só, o que agora me ocorre como resultado dessa experiência, refletindo sobre nós (e nós):

opressão aquisitiva.

define-se por aquele desconforto psicológico oriundo da percepção de uma competição silenciosa por adquirir. mais. mais. mais. (você tem? não tenho. não? mais. mais. mais.) assim, por causa da opressão aquisitiva, somos mantidos em silêncio. se quiséssemos falar, o que diríamos? por causa da opressão aquisitiva, corremos. todos os dias. nossos filhos correm. os menores veem TV. alguns jogam games bacanas. não temos praças (digo limpas, inteiras).

cultivopenia.

define-se pela falta de espaços de cultivo. da alma, das artes, do espírito. espaços livres, todas as praças sem dejetos. pras crianças. pra gente. Fazer outra coisa que não é comprar, nem ir ao shopping ver os outros comprando ou querendo comprar (você tem? não tenho. não? mas, mas, mas,… eu queria tanto…)

que falem as minhas iniciais. minúsculas. afinal, cada coisa é uma: cada vida, cada parte do planeta, cada olhar.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Olá!

Clique e entre em contato agora mesmo, ou encaminhe uma mensagem para contato@cristinaschumacher.com e retornaremos em breve!

× Entre em contato já!